top of page
  • INVESTIDOR DE SUCESSO

KLABIN

Atualizado: há 4 dias

CONHEÇA O POUCO DESSA EPRESA BRASILEIRA QUE A 125 NO MERCADO DE PAPEL E CELUSE COM POTENCIAL ENORME AINDA DE CRESCIMENTO.




Klabin S/A é uma empresa brasileira, maior produtora e exportadora de papéis do país, com foco na produção de celulose, papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, além de comercializar madeira em toras. É controlada pela Klabin Irmãos & Cia e NIBLAK Participações S/A, que possuem conjuntamente 52,23% do capital votante. É organizada em quatro unidades de negócios (Florestal, Celulose, Papéis e Conversão).


Conta com 24 unidades industriais, sendo 23 no Brasil, distribuídas por dez estados, e uma na Argentina. Possui florestas em três estados: Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Conta com 400,4 mil hectares de florestas no Paraná, 136,3 mil hectares em Santa Catarina, e 8,7 mil hectares em São Paulo, sendo 253,4 mil hectares apenas de reflorestamentos e 236,7 de áreas nativas preservadas ou destinas para a conservação. Mantém também 14 escritórios distribuídos em várias regiões do Brasil.


COMO INICIOU A KLABIN


A história da Klabin inicia-se com a chegada de duas famílias de imigrantes lituanos ao Brasil; os Klabin e os Lafer. Maurício Freeman Klabin desembarcou no país em 1889 e fundou, em 1890, a empresa M.F.Klabin & Irmão, uma tipografia. Os Lafer chegam ao pais em 1894 e a relação entre estas duas famílias, além de serem lituanos de nascimento, seria o fato de uma das irmãs de Maurício ser esposa de um dos Lafer. Assim, enraizados pelo país natal e familiarmente, em 1899, irmãos e primos da Lafer-Klabin, fundaram na cidade de São Paulo, a Kablin Irmãos & Cia. (KIC), uma loja, oficina de fabricação e importadora de artigos de escritórios e tipografia.


Em 1902, a KIC arrenda a Fábrica de Papel Paulista, em Itu, com o fim do contrato em 1907. Em 1909, a KIC constitui sua primeira fábrica, a Companhia Fabricadora de Papel, que começa a operar somente em 1914 e já na década de 1920, torna-se uma das maiores fabricantes do setor em solo brasileiro. Em 1920 abre-se o escritório da Klabin Irmãos e Cia. no Rio de Janeiro, então capital do Brasil.


UMA HISTÓRIA DE SUCESSO


A Klabin nos últimos anos tornou-se uma das maiores empresas do Paraná, sendo a 3ª maior do estado, consolidando-se assim como uma das maiores da região Sul do Brasil, estando entre as dez maiores empresas. Sendo assim aparece no ranking como um dos maiores grupos empresarias do país. Em relação ao ano de 2015, a empresa teve um faturamento de 5,6 bilhões de reais. Em 2019 teve seu índice de Valor Ponderado de Grandeza (VPG) calculado em 7,430 bilhões de reais.


As atividades desenvolvidas pela companhia em Telêmaco Borba, colocou o município como o maior produtor de madeira do Paraná e o terceiro maior produtor do Brasil, com 165,3 mil hectares dedicados à atividade. Em 2018 o município foi o maior gerador de riquezas da silvicultura no Brasil, apresentando o maior valor de produção do país, com 326,9 milhões de reais. Já o município de Ortigueira, com maior parte das áreas florestais com propriedade da Klabin, possuía em 2018 uma área de 93,8 mil hectares dedicados a produção de madeira, tornando-se o sétimo maior município produtor de madeira do Brasil.


PROJETO PUMA


Projeto Puma II é caracterizado pela grandeza de sua presença: este é o maior investimento da história da Klabin. O complexo industrial localizado em Ortigueira, no Paraná, conta com duas etapas de expansão até 2023 por meio da construção de duas inovadoras máquinas de papel. O projeto fez da Klabin a primeira empresa do mundo a produzir o papel Eukaliner, do qual já possui a patente. Junto ao Eukaliner White, os papéis exigem menos gasto energético para serem produzidos e possuem resultados até 20% superiores que os atuais produtos do mercado.

ETAPAS DO PROJETO FASE I - O futuro chegou antes na Klabin A primeira fase do Projeto Puma II foi concluída com o start da Máquina de Papel 27 (MP27), que produz o primeiro papel kraftliner do mundo feito 100% com fibra de eucalipto. Feito a partir de fontes renováveis, o Eukaliner® é inovador e apresenta performance superior mesmo em gramaturas menores, garantindo um papel para embalagem resistente, sustentável, com excelente qualidade de impressão e que otimiza recursos em toda a cadeia produtiva. Com a Máquina 27 em operação, ofereceremos ao mercado 450 mil toneladas de Eukaliner® por ano, reforçando o modelo de negócio integrado, diversificado e flexível da Companhia. FASE II - Ciclo de crescimento

O ciclo de crescimento continua com a segunda fase do Projeto Puma II, que contempla a construção da Máquina de Papel 28 (MP28), uma máquina de papel-cartão moderna e sofisticada, que aumentará a nossa produção e garantirá o atendimento da crescente demanda do mercado de papéis para embalagens. Com entrega prevista para 2023, a MP28 terá capacidade produtiva de 460 mil toneladas anuais e irá consolidar a Klabin como produtora global de cartões para alimentos líquidos (leites e sucos) e industrializados, dando sequência aos planos contínuos de crescimento e expansão da Companhia.

CAMINHOS DO PUMA A grandiosidade do Projeto Puma II, construído em Ortigueira, extrapola os limites físicos de sua unidade industrial e do setor de papel e celulose. Ele contribuiu para a economia brasileira, o manejo florestal, a pesquisa científica, a inovação, a logística, a infraestrutura regional e a qualidade de vida das pessoas. Conheça aqui o caminho que percorre o novo salto do Puma.

Com crescimento no ano passado (2022) puxado pelos preços da celulose que estão no patamar elevado. As fabricas que a empresa inaugurou ao longo dos anos tem valorizado ainda mais a empresa com altos lucros. Ainda com planos de crescer ainda mais. Prova foi empréstimo de 30 bilhões de reais.



DEIXE NOS COMENTÁRIOS: DICAS, SUGESTÕES, DÚVIDAS O QUE ACHOU DO ARTIGO


68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page